Por Rafael Sacharny


As chuvas e ventos fortes que atingiram o Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (6), causaram muitos estragos na cidade e também na sede do Flamengo, na Gávea. Durante a madrugada, várias áreas do clube foram afetadas e nesta quinta-feira (7), Flamengo anunciou a interdição das atividades.

LEIA MAIS: Piscina olímpica 2 entra em fase final da reforma; confira as fotos.

Houveram alagamentos próximo do Ginásio Hélio Maurício e árvores derrubadas provocando a queda de grades na quadra de tênis. No parque aquático, toldos e estruturas da piscina sofreram avarias, além da trave do polo aquático que foi parar bem longe da piscina com a ventania na cidade. 

Assim, a sede do clube está fechada nesta quinta-feira para utilização dos associados, tal como as escolinhas estão suspensas neste dia. 

As equipes de Patrimônio e Fla-Gávea fizeram vistorias para verificar a real dimensão dos danos causados, mas por enquanto nada de muito grave aconteceu.  

O temporal que atingiu o Rio de Janeiro na noite passada causou a morte de cinco pessoas na cidade, que está em estágio de crise, além de inundações nas ruas, suspensão do tráfego, muitas perdas e destruições.