Por Rafael Sacharny


No último domingo (11), a delegação brasileira encerrou sua participação como a campeã geral na disputa do Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, em Lima, no Peru. Desde o dia 31 de outubro, as seleções de várias modalidades estiveram representadas por diversos atletas do Flamengo, que com resultados positivos puderam garantir vagas em competições importantes em 2019.  

Os atletas do Mais Querido tiveram destaque e ganharam medalhas nas seleções brasileira de Nado Artístico, do Polo Aquático e também na Natação. A primeira medalha de ouro foi conquistada pelas meninas do nado, que foram muito bem na rotina livre combinada, prova por equipes que teve a participação de Maria Clara Lobo, Luisa Borges, Maria Bruno, Laura Miccuci, Duda Miccuci, Lorena Molinos, Giovana Stephan, Victoria Cabale, Julia Catharino e Anna Giulia Veloso, então a maioria rubro-negra. A equipe somou na final 82,0000 pontos e ficou à frente da Colômbia (79,5000) e do Chile (76,4000).   

Pelo nado artístico, a equipe tinha os seguintes rubro-negros: Giovana Stephan, Maria Clara Lobo, Lorena Molinos, Maria Eduarda Miccuci, Laura Miccuci, Gabriela Regly, Jullia Catharino, Jaddy Portela e Renan Alcântara. A treinadora do Mengão, Roberta Perillier, foi uma das técnicas responsáveis por comandar o conjunto verde e amarelo.  

Os duetos técnicos foram realizados com a presença de Renan Alcântara e Giovana Stephan no dueto misto. A dupla do Mengão garantiu mais uma medalha dourada. Maria Clara Lobo, foi a atleta que mais disputou provas no Sul-Americano e ficou com a prata no Dueto Livre.  

Pela natação, João De Lucca brilhou e conquistou três ouros (revezamentos 4x100m Livre, 4x200m Livre e 4x100m Livre Misto) e duas pratas para o país (100m Livre e 200m Livre). A atleta Nathalia Almeida voltou com a medalha de bronze nos 200m Borboleta. 

Divulgação: Site Oficial - CR Flamengo
                                 Divulgação: Site Oficial – CR Flamengo

No campeonato de polo aquático, as seleções de ambas categorias conquistaram a medalha de ouro. No masculino, o Brasil teve a presença do central rubro-negro Heitor Carrulo, além do treinador George Chaia. A feminina, contou com a atacante Samantha Ferreira. 

                                     Divulgação: Site Oficial – CR Flamengo