Por Rafael Sacharny


O Flamengo continua com dificuldades para contratar reforços neste final de ano. A expectativa fica para que, em janeiro, com a nova diretoria de fato trabalhando, possa apresentar as contratações que melhorem o elenco rubro-negro. Porém, mesmo sem nenhum nome anunciado, o plantel do Rubro-Negro vai se modificando com a saída de alguns jogadores.

Leia também: Arão tem contrato renovado com o Flamengo.

O primeiro a sair foi o zagueiro Réver, voltando para o Atlético-MG, onde foi ídolo e conquistou a Copa Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil de 2014. O próximo a sair do grupo deve ser Rômulo. De acordo com o Globoesporte.com, o Grêmio está próximo de anunciar o volante como reforço para 2019. O clube gaúcho chegou a um acerto com o Flamengo para contratar o volante, de 28 anos, por empréstimo até o fim da temporada.

Para se concluir a transação, faltam apenas a formalização dos termos em contrato e a realização dos exames médicos para que Rômulo se transfira do Rio de Janeiro para Porto Alegre. Por conta dos custos do atleta, que recebe um alto salário, o Flamengo aprovou de imediato a liberação do jogador ao Tricolor e ainda dividirá o pagamento do atleta.

Rômulo tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2020, mas desde que chegou à Gávea, não conseguiu empolgar a torcida, com duas temporadas abaixo das expectativas e completamente irregular. Disputou 13 partidas no ano de 2018 e não balançou as redes. No total, tem 39 jogos com a camisa rubro-negra, marcando apenas um gol, na vitória contra o San Lorenzo por 4 a 0, na partida de estreia da Libertadores de 2017.

Para a posição de volante, o Flamengo não deve se reforçar. Atualmente, o grupo tem Cuéllar, Willian Arão, Piris da Motta, Ronaldo e Jean Lucas.