Por Rafael Sacharny


O Flamengo tem o acordo com Rafinha encaminhado para ele ser mais uma contratação da gestão Rodolfo Landim. O impasse financeiro foi resolvido e o lateral direito do Bayern de Munique deve chegar ao clube carioca no meio deste ano.

Leia mais: Semana do Flamengo tem as rodadas finais da Taça Guanabara e duelos nas quadras.

O fechamento da janela de transferências no Brasil para quem chega do exterior termina no dia 3 de abril, porém, Rafinha deve se transferir apenas no segundo semestre após a paralisação da Copa América. O período para inscrições no meio do ano vai de 20 de junho a 20 de julho. 

O lateral não vem para jogar neste início de ano pois o desejo do Bayern é de que Rafinha fique até o fim de seu contrato, que termina dia 30 de junho. Quem conduz com muita competência a negociação é o VP de Futebol, Marcos Braz.

Desde o começo do ano, o dirigente conversa para trazer o jogador e o último acerto foi em relação aos ganhos dele. De acordo com o site globoesporte.com, a diretoria rubro-negra chegou a um acordo sobre as luvas e salários do jogador, que aceitou uma redução nos valores inicialmente pedidos ao clube. 

Pelo grande desejo de vestir a camisa do Flamengo, Rafinha reduzirá em quase 50% o valor do salário. O lateral de 33 anos flexibilizou também na questão do tempo de contrato, reduzido de três para duas temporadas. 

O otimismo da diretoria rubro-negra para ter o jogador é enorme e já pensam em assinar o pré-contrato. Neste momento, o técnico Abel Braga tem na posição de lateral direito Rodinei e Pará, contestados pela torcida, além do jovem Klebinho, que acaba de subir aos profissionais. da