Por Rafael Sacharny


Na tarde desta quarta-feira (31), no estádio do Morumbi, o time rubro-negro venceu o São Paulo, por 2 a 0, e saiu com vantagem no jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil Sub-17. Os gols da vitória do Mengão foram marcados por Yuri e Ítalo. 

Leia mais: Semana decisiva para as categorias de base do Mengão.

O time comandado por Phelipe Leal teve a seguinte escalação: Pedro Victor; Braian, Natan, Lucas Freitas, Ítalo; Daniel Cabral, João Gomes; Lázaro, Reinier, Yuri Oliveira; Rhyan.  

Mesmo jogando fora de casa, o Flamengo, com um time bem entrosado, começou no ataque. Com boas trocas de passe, o Rubro-Negro encontrou dois chutes de fora da área no início da partida. Daniel Cabral e Yuri Oliveira arriscaram de longe, mas não acertaram o gol.  

Os meninos do São Paulo estavam pela primeira vez jogando no Morumbi. Por esse fato, pareciam estar nervosos e com a marcação alta do Flamengo, não conseguiam acertar na saída de bola.

A pressão do Mengão resultou em mais duas chances antes de fazer o primeiro gol. Depois de escanteio cobrado, a defesa do São Paulo tirou parcialmente e Daniel Cabral quase marcou um golaço da entrada da área. Logo em seguida, Yuri deu bela caneta no início da jogada e tocou para Rhyan, o atacante lançou para Reinier e de primeira quase abriu o placar. 

O Flamengo era melhor na partida e fez valer sua superioridade aos 26 minutos. Depois de uma boa movimentação no ataque, Reinier deu passe para Braian livre pela direita. O lateral entrou na área e cruzou forte no meio. Yuri chegou disputando com o pé direito e pôs o Mengão em vantagem. 

Aos 30 minutos, uma falta dura aconteceu e o tempo fechou. O zagueiro Morato se desentendeu com Rhyan e atingiu o atacante com uma cabeçada. O árbitro viu o lance sem a bola e expulsou o são-paulino. 

Apesar de estar com menos um em campo, o São Paulo terminou o primeiro tempo sem sofrer mais nenhum perigo. Pelo contrário, fez o goleiro Pedro Victor trabalhar. Aos 39 minutos, finalmente o Tricolor chegou na área em um cruzamento que Maia não aproveitou. 

Depois do intervalo, o Flamengo continuou com o domínio de boa parte do jogo. Com um a mais em campo, os Garotos do Ninho se defendiam com a posse de bola. Durante o segundo tempo, o time mais trocou passes para manter a bola do que para finalizar e tentar ampliar o placar. As poucas chances criadas pelo Flamengo foram com Rhyan e Daniel Cabral. 

As oportunidades no segundo tempo de maior perigo foram do São Paulo. Antônio Falcão passou por dois marcadores na entrada da área e serviu Maia. O atacante bateu bem de pé direito e Pedro Victor praticou uma bela defesa, salvando o Flamengo. Já no final do jogo, aos 38, o zagueiro Fasson disputou no alto com o goleiro Pedro Victor, que saiu um pouco atrasado. A bola passou perto do gol. 

No fim da partida, após a cobrança de escanteio, João Gabriel recebeu na ponta esquerda e fez o levantamento. O lateral Ítalo veio de surpresa para tocar de cabeça e fazer o segundo do Flamengo, nos acréscimos. 

O Flamengo receberá o São Paulo pelo jogo de volta na semana que vem (8/11), às 15h, com a vantagem de dois gols. Quem passar no duelo, encara o vencedor de Santos e Coritiba na semifinal.