Por Rafael Sacharny


Pela terceira rodada da Taça Rio, o Flamengo empatou com o Vasco por 1 a 1, e se manteve na liderança do Grupo C, agora com sete pontos somados. O Rubro-Negro abriu o placar com Arrascaeta, mas no fim do jogo, com uma cobrança de pênalti, o Vasco empatou com Maxi López.

Leia o Dale Mengão Especial: Dida, o ídolo de Zico.

Saiba como apostar no Flamengo.

Ao preservar os principais jogadores da equipe, Abel Braga armou sua equipe com peças alternativas: César, RodineiThuler, Hugo Moura, TraucoPiris, Ronaldo, Éverton Ribeiro, Vitinho e Arrascaeta; Vitor Gabriel. 

Assim, o Flamengo teve um time com pouco entrosamento e o ritmo de jogo da equipe foi inconstante durante toda a partida. O jogo começou acelerado e com chances para ambos os times, mas nenhuma bem aproveitada. 

Defensivamente, o Flamengo apresentou muito espaço entre os setores, permitindo o Vasco atacar com liberdade em muitos momentos. O Rubro-Negro no ataque também se mostrou descompacto e errou muitos passes. No fim do primeiro tempo, as equipes ainda não haviam marcado, apesar de várias finalizações.

Crédito: Alexandre Vidal – CR Flamengo (Oficial).

Já no início da segunda etapa, aos dois minutos, Arrascaeta abriu o placar para o Mengão. O uruguaio acompanhou bem o contra-ataque, recebeu o passe dentro da área de Vitinho e abriu a contagem no clássico.

Poucos minutos depois do gol, Danilo Barcelos cobrou escanteio da direita, Marrony desviou no segundo pau e Leandro Castán cabeceou acertando a trave. O Flamengo respondeu no minuto seguinte, quando Arrascaeta puxou o contra-ataque e encontrou Ronaldo aberto pela direita. O volante entrou na área e chutou cruzado, mas Fernando Miguel fez a defesa.

A partir daí o desempenho ofensivo rubro-negro caiu muito e a estratégia de Abel Braga passou a ser de se defender prioritariamente sem a bola, com as linhas de marcação mais baixas. Embora o Flamengo tenha tido chances de marcar, a principal delas com Rodinei, o controle do jogo foi perdido.  

Enquanto isso, o Vasco se arriscou, Alberto Valentim colocou muitos atacantes em campo e foi premiado no fim. Aos 49 minutos, Marrony foi derrubado por Thuler na área. Maxi López cobrou o pênalti e garantiu o empate e a invencibilidade do Cruzmaltino.

Após o apito final, os jogadores rubro-negros reclamaram bastante da decisão do árbitro Wagner Nascimento e Bruno Henrique recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso depois de intensa discussão.

Quem apostou no empate foi o grande ganhador neste sábado. No Spin Sports, os odds estavam em R$ 3,40 / um para o placar empatado.

O próximo compromisso do Mengão será pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O Flamengo recebe a LDU, do Equador, na quarta-feira (13), às 21h30, no Maracanã. Até o momento, mais de 40 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada para o duelo.