Por Rafael Sacharny


O Flamengo venceu na tarde desta sexta-feira (23), a sua décima taça do Torneio Otávio Pinto Guimarães, tradicional no Rio de Janeiro. Depois de ganhar por 1 a 0 nas Laranjeiras, a decisão contra o Fluminense terminou 0 a 0 na Gávea.

A equipe do Flamengo Sub-20 foi a campo com: Hugo Souza; Klebinho, Nathan Saturnino, Patrick, Pablo; Henrique, Matheus Alves; Bill, Luiz Henrique, Lucas Silva; Vitor Gabriel.

Lucas Silva e Klebinho, somados a Hugo Moura e Dantas se despedem da categoria este ano e em 2019 serão promovidos de vez para os profissionais.

Da esquerda para direita: Hugo Moura, Kleber, Lucas Silva e Dantas. (Foto: Rafael Sacharny)

O jogo foi sob forte calor no estádio José Bastos Padilha, e o começo foi agitado, com os dois times procurando atacar. A primeira chance veio aos 10 minutos, Pablo fez o cruzamento rasteiro, a bola sobrou com o Luiz Henrique, que mandou por cima do gol.

Aos 15 minutos, o Fluminense respondeu em finalização também de dentro da área, mas melhor para o goleiro do Flamengo, que fez grande defesa. Aos 20 minutos, o Flamengo teve uma chance ainda mais clara, porém, depois da boa jogada entre Klebinho e Luiz Henrique, Lucas Silva mandou para longe do gol.

No fim da primeira etapa, Denílson foi flagrado em posição de impedimento ao mandar a bola para o fundo do gol, o gol do Fluminense não saiu por pouco e os time foram para o intervalo zerados.

Na volta para o segundo tempo, os times já aparentavam muito desgaste físico e os técnicos foram obrigados a fazer muitas mudanças. No Flamengo, entraram Wendell, Michael, Yuri César, Hugo Moura e Aderlan.

O time rubro-negro preferiu controlar o jogo e deixar o tempo passar com a vantagem do empate. Já o Fluminense ia todo para o campo de ataque e deixava espaços para o contra-ataque. Mas o Flamengo não teve velocidade e decisões certas para aproveitar com qualidade essas chances.

No fim do jogo, o Tricolor ainda teve duas chances em faltas, mas todas erraram o alvo. Apesar de não ter uma grande atuação, o Rubro-Negro segurou o empate e conquistou pela décima vez o torneio, sendo o melhor ataque e a melhor defesa da competição.

Números da campanha:

11 jogos
6 vitórias
4 empates
1 derrota
21 gols marcados
5 gols sofridos
Artilheiro do campeonato: Vitor Gabriel – 9 gols