Por Rafael Sacharny

A gestão de Eduardo Bandeira de Mello vai se despedir do Flamengo com uma marca que mancha qualquer recuperação e sanidade financeira. O esporte fundador do clube, o remo, está há seis anos sem ganhar o Campeonato Carioca de Remo Adulto. Para piorar, durante esses anos, só o Botafogo conseguiu ganhar.  No campeonato deste ano, o clube da Gávea conquistou apenas uma regata das cinco disputadas esse ano. 

No último dia 14, aconteceu a quinta e última etapa do Campeonato Estadual de Remo do Rio de Janeiro 2018. O Botafogo de Futebol e Regatas venceu seis das quinze provas disputadas e consagrou-se hexacampeão estadual de remo, somando 758 pontos no geral do campeonato. Em segundo lugar ficou o Clube de Regatas do Flamengo com 703 pontos.  

A terceira posição na classificação geral foi para o Vasco da Gama, que somou 365 pontos. Também participaram do campeonato os clubes Guanabara, Escola Naval, Clube de Remo do Rio de Janeiro e Piraquê.  

A gestão de Bandeira de Mello, além de fracassar na conquista de títulos no futebol, conseguiu colocar o remo em uma posição nunca vista no clube. O Flamengo possui 47 títulos do Estadual e o último conquistado foi o do tetracampeonato 2009 – 2012. Exatamente no período pré Bandeira de Mello como presidente. 

Enquanto isso, o Botafogo vem crescendo cada vez mais, faturou os últimos seis títulos cariocas, mas a hegemonia está longe de ser atingida. O título deste ano foi apenas o décimo da história do alvinegro. 

Apesar de não conseguir bater o Botafogo em cenário local, o remo do Flamengo continua grande no aspecto nacional. Em maio, o Rubro-Negro conquistou o Campeonato Brasileiro de Barcos Curtos ao vencer o Botafogo, que foi o vice-campeão. Também competiram: Pinheiros (SP), Vasco da Gama (RJ), Álvares Cabral (ES), Corinthians (SP), Grêmio Náutico União (RS), Guaíba (RS), Martinelli (SC) e Aldo Luz (SC). 

Contudo, no último fim de semana, o Mengão não teve o mesmo desempenho no Campeonato Brasileiro de Barcos Longos. O campeonato realizado na Lagoa Rodrigo de Freitas foi mais uma vez vencido pelo Botafogo. O clube alvinegro venceu 12 das 25 provas disputadas. Em segundo lugar ficou o Flamengo, com 9 medalhas de ouro e 10 de prata, seguido pelo Esporte Clube Pinheiros (SP), com 2 vitórias. 

Agora o Flamengo se prepara para disputar o Torneio Remo do Futuro. A penúltima regata do ano será mais uma vez na Lagoa Rodrigo de Freitas, neste sábado (27), com início marcado para às 8h30.