Por Rafael Sacharny


O Flamengo está de volta ao Beach Soccer e após o vice-campeonato do Brasileiro, o time disputará o Mundialito de Clubes. No Grupo A, o Rubro-Negro terá os duelos contra o Bate Borisov (BLR), Lokomotiv Moscou (RUS) e Sporting Lisboa (POR), a partir de quarta-feira (27), em Moscou, na Rússia.

Em relação ao elenco que representou o Mais Querido no Brasileiro, algumas modificações foram feitas. Os defensores Jordan e Thanger, além dos atacantes Bê Martins e Igor, saíram do time. Assim, o treinador Rodrigo Fernandes teve que repor o plantel com novas peças. Dois estrangeiros são aguardados para atuar na Rússia pelo Mengão, ainda sem nomes divulgados. 

Mesmo com mudanças no elenco, Rodrigo se mostrou confiante e falou sobre a expectativa para o Mundialito: 

“Assim como aconteceu no Brasileiro, a gente espera o espírito coletivo de evolução. Temos uma equipe forte, com algumas peças novas que vieram para agregar bastante valor. Então a gente espera a evolução positiva durante a competição, para que o objetivo seja atingido, que na grandeza do Flamengo, é sempre o título. A gente entende que no elenco existe um equilíbrio fundamental para que as coisas aconteçam da melhor maneira possível. Temos atletas muito experientes que já estiveram na Europa, como por exemplo Gil e Paulinho, e os mais novos que buscam conselhos e orientações a todo momento e também contribuem com a leitura de jogo muito dinâmica.”

Um dos pilares da equipe é o zagueiro Gil, responsável pelo projeto de retorno do Rubro-Negro ao futebol de areia junto com o goleiro Elinton Andrade. O defensor já passou por todos os grandes do Rio (Vasco, Fluminense e Botafogo), esteve por muitos anos na Rússia atuando no Delta Saratov, onde foi campeão russo, defendeu o Catania e chegou à Seleção Brasileira. Agora, em seu clube de coração, Gil pretende levar o Flamengo ao topo mundial e tornar o clube uma referência no Beach Soccer. Após o treinamento desta quarta-feira (20), o jogador falou com a reportagem do Dale Mengão:

Dificuldades no Mundialito

Único brasileiro e sul-americano no torneio