O Flamengo teve muita sorte no sorteio da Taça Libertadores da América e mostrou o poder de seu elenco na Copa do Brasil. Só tem que parar de vacilar no Brasileirão.

Taça Libertadores

O Flamengo tem motivos de sobra para comemorar o sorteio da Taça Libertadores da América. O time se classificou aos trancos e barrancos para as oitavas de final e pega o adversário mais fraco entre os dezesseis sobreviventes.

Não apenas isso. Nas quartas de final nosso rival será ou Internacional ou Nacional-URU. Nenhum dos dois é nada demais, mesmo se tivermos que decidir a eliminatória fora de casa.

Nas semifinais, o caldo engrossa um pouco. Para mim – e também para as casas de apostas – o favorito ao título é o Palmeiras. O Libertad vem muito bem e o Grêmio é um time copeiro, apesar do desempenho aquem de sua média este ano. O Godoy Cruz é mais fraco e não deve ir tão longe.

É preciso comemorar, pois nos livramos de Boca Jrs., River Plate, Cruzeiro, San Lorenzo e LDU de Quito, além do Athlético-PR, que sempre nos vence (quando não goleia) em Curitiba.

O Flamengo vence a Libertadores
Dez para Um
Apostar

Copa do Brasil

Estreamos muito bem na Copa do Brasil! Fomos a São Paulo e batemos o Corinthians por 1 a 0. Isso prova a força do nosso elenco. É inadmissível empatar com o Resende FC e perder da LDU de Quito. Vale lembrar que o Mosqueteiro já havia desclassificado quatro oponentes, incluindo Ceará e Chapecoense, da primeira divisão.

Agora é despachar o Timão no jogo da volta e alcançar as quartas de final do torneio.

Brasileirão

Se estamos bem na Libertadores e na Copa do Brasil, falta o mesmo acontecer no Brasileirão. Já perdemos cinco pontos (três para o Internacional e dois para o São Paulo) e precisamos reagir para alcançar os líderes Palmeiras, Santos e São Paulo.

O jogo contra o Atlético-MG neste sábado, em Belo Horizonte, será um grande teste.