Por Rafael Sacharny


Após um ano inteiro sem a equipe profissional de futebol de areia, o Flamengo está de volta às competições do Beach Soccer. Com uma equipe totalmente nova, o Rubro-Negro foi ao Campeonato Brasileiro no Guarujá e saiu com o vice-campeonato, perdendo a final para o Vasco da Gama. 

Agora o desafio é ainda maior. O Mengão recebeu o convite para participar do Mundialito de Clubes, organizado pela Beach Soccer Worldwide desde 2011. O torneio é formado pelas melhores equipes do mundo no de futebol de areia, e nessa edição, oito estarão disputando o título mundial. 

Essa será a chance de recolocar o esporte nos holofotes do clube, que deixou de investir na modalidade há alguns anos. O Flamengo disputou todas as edições do Mundialito, entretanto, não conseguiu levantar nenhuma taça.

Histórico do Flamengo

Na primeira edição, em 2011, o Flamengo ficou em terceiro lugar, enquanto o rival Vasco saiu campeão ao vencer do Sporting (POR), na decisão em São Paulo. 

No ano seguinte, o desempenho do Rubro-Negro foi melhor e chegamos à final. Porém, o adversário era o forte Lokomotiv Moscou, da Rússia, que venceu a partida por 6 a 4. Naquele ano, Benjamim, que disputou pelo Flamengo, foi o melhor jogador do torneio. 

O Flamengo repetiu o feito em 2013. Jogando no Rio de Janeiro, em arena montada em Copacabana, o Rubro-Negro chegou à final, mas saiu novamente com o segundo lugar, ao perder nos pênaltis para o Corinthians. 

Em 2015, o pior ano do Flamengo no Mundialito. Mesmo jogando de novo em casa, dessa vez na Barra da Tijuca, a equipe não conseguiu passar da fase de grupos e terminou a competição em último lugar. 

A última participação do Mengão no torneio foi em 2017, quando chegou à disputa de 3º lugar, mas perdeu para o Corinthians por 3 a 2 e amargou a quarta colocação. 

Mundialito 2019

A sexta edição do torneio apresentará algumas novidades. Pela primeira vez, o Mundialito de Clubes será realizado fora do Brasil, dessa vez na Europa. Entre os dias 27 de fevereiro e 3 de março, Moscou, na Rússia, receberá as oito equipes que irão em busca do título mundial. 

Também pela primeira vez, apenas um clube será o representante sul-americano, o Flamengo. Como único brasileiro e sul-americano, o Rubro-Negro se encontra no Grupo A da competição, junto com Spartak Moscou (RUS), Bate Borisov (BLR) e Sporting (POR). No Grupo B, estão Braga (POR), Lokomotiv Moscou, Catânia (ITA) e Levante (ESP). 

Os times se enfrentam dentro dos grupos e se classificam para as semifinais apenas os dois primeiros colocados de cada. As semifinais ocorrem no sábado (2) e a disputa de 3º lugar e final no domingo (3). 

Sem condições de ser disputado ao ar livre, pelo inverno rigoroso da Rússia, o torneio será dentro de uma arena. Pela primeira vez, a competição será realizada de forma indoor e a Megasport Sports Palace foi o local escolhido para receber o torneio.

Todas as partidas serão transmitidas ao vivo no site beachsoccer.com.