Por Rafael Sacharny


Na estreia da competição mais importante do ano, o Flamengo enfrentou o San José, na altitude de 3.700 metros de Oruro, e venceu por 1 a 0 com uma grande atuação defensiva. Gabriel Barbosa foi o responsável pelo gol rubro-negro, o primeiro na Libertadores.

Leia o Dale Mengão Especial: Dida, o ídolo de Zico.

Saiba como apostar no Flamengo.

O Flamengo de Abel Braga teve seguinte escalação para a estreia na Libertadores: Diego Alves, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte, Renê; Cuéllar, Willian Arão, Diego, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel.

O San José começou tentando impor o jogo de velocidade e o Flamengo foi bem para segurar o ímpeto do time boliviano. No primeiro tempo, o Rubro-Negro não criou muitas oportunidades na troca de passes e os melhores momentos foram em finalizações de fora da área, como por exemplo com Diego aos nove minutos. Porém, apenas o chute de longa distância de Renê ofereceu perigo ao gol do San José.

O Flamengo assumiu a forma de atuar de Abel Braga, um estilo mais reativo, que fica com menos posse e quando rouba tenta sair com rapidez ao ataque. Contudo, essa maneira de jogar implica em ficar menos com a bola e sofrer mais riscos.

Na parte final da primeira etapa, Diego Alves foi essencial para manter o placar zerado. O time do San José criou diversas chances e finalizou certo cinco vezes no total. Mesmo assim, os times foram para o intervalo sem abrir o marcador.

Já na volta para o segundo tempo, Abel fez a primeira alteração e colocou Éverton Ribeiro no lugar de Arrascaeta. O Rubro-Negro melhorou com a modificação e se movimentou mais no ataque. Defensivamente bem, Rodrigo Caio e Léo Duarte eram os pilares da segurança.

Aos 14 minutos, o placar foi aberto com a dupla de ataque ex-Santos. Bruno Henrique deu passe excelente na frente para Gabriel, que tocou por cima na saída do goleiro. Foi o quarto gol de Gabriel Barbosa com a camisa do Flamengo e o primeiro do Mengão na Libertadores.

O goleiro Diego Alves continuou desempenhando boas defesas e a zaga ganhando as disputas aéreas, em lançamentos feitos pelo San José para dentro da área rubronegra. 

Depois do gol, o Flamengo voltou a ficar com menos posse de bola, mas conseguia sair com velocidade nos espaços deixados pelo adversário. Abel ainda fez duas alterações e colocou Vitinho e Ronaldo, retirando Bruno Henrique e Diego.

O Flamengo buscou o contra-ataque nos minutos finais para matar o jogo, e a chance mais clara foi novamente com Gabriel Barbosa. O camisa 9 recebeu de Arão, ficou cara a cara com Carlos Lampe, mas o goleiro fez boa defesa.

Pela primeira vez, o Flamengo venceu em uma estreia de Libertadores jogando fora de casa. Segundo a Spin Sports, quem apostou no Rubro-Negro faturou R$ 2,45/um.