O Flamengo deste sábado dificilmente será visto no resto da temporada. Com um time inteiro de reservas e recheado de jovens jogadores, o Rubro-Negro apenas empatou com o Volta Redonda em 0 a 0, pela 4ª rodada da Taça Rio.

Escalação 

Após a boa vitória sobre a LDU, pela Libertadores, Abel Braga optou por colocar todos os que atuaram na quarta-feira (13) fora do time. Apenas Arrascaeta, que entrou faltando cinco minutos para o fim da partida contra os equatorianos, esteve em campo como titular neste sábado. Diego esteve no banco de reservas e entrou no segundo tempo, assim os laterais Renê e Kleber.

Sendo assim, com a maioria dos titulares de folga, a escalação do Flamengo teve: Gabriel Batista; RodineiThuler, Hugo Moura e TraucoPiris da Motta e Ronaldo; Lucas Silva, Arrascaeta e Vitor Gabriel; Uribe. 

O Jogo 

Com a equipe inteira de reservas, o que se viu foi a falta de entrosamento e poucas chances de gol criadas. No Maracanã, o Volta Redonda foi cauteloso demais e arriscou pouco, sem oferecer perigo para Gabriel Batista. Na etapa inicial, o Mais Querido dominou as ações em campo. Os erros de finalização, entretanto, foram muitos, e as duas equipes foram para o intervalo sem mexer no placar. 

Na segunda etapa, o Flamengo manteve a bola em ritmo mais baixo no próprio campo e tentava acelerar mais a partir do último terço principalmente com Trauco e Arrascaeta. Sem ser um armador de origem, o uruguaio era o que mais distribuía o jogo no ataque, com toques rápidos de primeira, mostrando muita qualidade. 

O volante Ronaldo, que ganhou confiança de Abel Braga para atuar mais neste ano, também ganhou destaque na partida, indo muito bem nos primeiros passes da construção e chegando ao campo adversário para finalizar. 

Após 15 minutos da etapa final sem grandes momentos, Diego entrou em campo e logo surtiu efeito. Em seu primeiro lance, o 10 do Flamengo deu belo passe para Uribe, mas o atacante demorou e não concluiu para o gol. O colombiano foi destaque negativo pela quantidade de oportunidades desperdiçadas. 

O Volta só ameaçou aos 25 minutos, em bola cruzada na área e finalização precisa para a defesa de Gabriel Batista. Aos 32, Uribe perdeu sua melhor chance quando cabeceou no travessão após belo cruzamento de Arrascaeta. Na sequência, o uruguaio ainda tentou o chute colocado, mas Douglas Borges espalmou. 

Aos 46 minutos, o Flamengo poderia ter aberto o placar. O goleiro Douglas Borges defendeu errado um chute de longe de Diego e o zagueiro Hugo Moura apareceu livre no rebote para tocar para a rede. Porém, a assistente assinalou o impedimento de forma equivocada e o árbitro anulou o gol que era legal. 

Apostas 

Mengão não conseguiu confirmar o favoritismo indicado nas casas de apostas. De acordo com dados fornecidos pela Spin Sports, os odds, que são os prêmios que as casas pagam no caso do seu palpite se concretizar, estavam em R$ 1,31 para o time rubro-negro, enquanto pagavam R$ 8,75 para uma vitória do Voltaço. Já o apostador que previu o empate se deu bem, com a cota de R$ 5,00 para um. Veja como apostar no Flamengo. 

Ficha Técnica

Flamengo 0 X 0 Volta Redonda 

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de março de 2019 (Sábado)
Horário: 19h(de Brasília)
ÁrbitroPathrice Wallace Correa Maia (RJ)
Assistentes: Rachel de Mattos Ribeiro (RJ) e Fabiana Nóbrega Pinto (RJ)
Cartões Amarelos: Hugo Moura (Fla); Gelson (VRE)
Renda: R$ 607.564,00
Público: 26.603 (25.342 pagantes) 

FLAMENGO: Gabriel Batista, RodineiThuller, Hugo Moura e TraucoPiris da Motta, Ronaldo (Renê) e De Arrascaeta, Lucas Silva (Diego), Uribe e Vítor Gabriel (Kleber) 
Técnico: Abel Braga 

VOLTA REDONDA: Douglas Borges, Luis Gustavo, Allan, Heitor e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu (Gelson), Marcelo e Douglas Lima (Alyson); João Carlos e Wandinho (Fernandinho) 
Técnico: Toninho Andrade